Seguidores

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Origem da raça humana pelos Anunnakis Parte 4


- Exato. Queda, vir abaixo, descer. Assim, o que isto significa? Isto me levou aos estudos bíblicos e então às mitologia, arqueologia e todos os outros assuntos, inclusive ao estudo das línguas antigas, que se tornou a minha educação e vocação. Então, dai vem a minha pesquisa e decisão de escrever sobre isto começando com uma pergunta, quem eram os Nefilins?
Todas as escrituras antigas, a Bíblia, os mitos gregos, os mitos e textos egípcios, os textos da pirâmide, tudo, me levou aos sumérios, cuja civilização foi a primeira conhecida em 6.000 anos atrás. Eu me concentrei na Suméria, a fonte destas lendas e mitos e textos e cheguei aos suas repetidas e persistentes declarações sobre estes seres, que os sumérios chamavam de Anunnaki, que vieram à Terra de um planeta chamado Nibiru. O planeta era designado pelo signo da cruz e Nibiru significa, "planeta da passagem [travessia]." A questão em minha pesquisa então mudou de quem eram os Nefilim e os Anunnaki, para, que planeta é este Nibiru?
O que me forçou a ser proficiente em astronomia, e tive que aprender bastante sobre isto para lidar com o assunto. Eu descobri que os eruditos estavam divididos. Alguns diziam que (Nibiru) era Marte, que de fato foi descrito e conhecido pelo povo antigo, e outros diziam que nao, que era Júpiter. Aqueles que diziam que era Júpiter e não Marte, tinham argumentos muito convincentes do porque não podia ser Marte. E Aqueles que diziam que era Marte e não Júpiter , tinham argumentos muito convincentes do porque não podia ser Júpiter também, sendo capaz de ir diretamente à fonte, os tabletes de argila e a escrita cuneiforme, a mim pareceu que ninguém estava certo, porque a descrição de Nibiru e sua posição quando perto do Sol indicava que nem podia ser Marte e nem podia ser Júpiter. E então uma noite acordei com a resposta. Com certeza, é um planeta a mais que vem periodicamente entre Marte e Jupiter; e algumas vezes estão mais perto de Marte e outras mais próximas de Júpiter, mas não é nem Marte e nem Júpiter.
Tendo entendido que esta era a resposta, que existe um planeta a mais, tudo mais se encaixou. O significado do Épico da Criação mesopotâmico onde são baseados os primeiros capítulos do Gênesis e todos os detalhes sobre os Anunnaki, quem eles eram e quem eram seus líderes e como eles viajaram do planeta deles para a Terra e como caíram no Golfo Pérsico e sobre o primeiro assentamento deles, seus líderes e assim por diante, tudo ficou claro! Os Sumérios tinham um enorme conhecimento. Eles sabiam sobre Urano e Netuno e os descreveram e eles sabiam sobre Plutão. Eles eram exímios em matemática e, em muitos aspectos, seu conhecimento ultrapassava o dos dias modernos. Eles diziam;
"Tudo o que sabemos nos foi dito pelos Anunnaki."
A publicação do primeiro livro, seu impacto, foi a compreensão de que povos antigos, a começar pelos Sumérios, sabiam e descreviam e falavam de um planeta a mais no nosso sistema solar. Não era uma descoberta como a de Plutão em 1930 (o qual os Sumérios conheciam há 6.000 anos atrás). Plutão foi uma descoberta astronômica muito interessante, os livros didáticos tiveram que ser revisados. Mas para a pessoa média, o homem das ruas, realmente não fez nenhuma diferença. ( e para alguns 2013 acredita que o homem nunca foi a lua) Nibiru, por outro lado, era uma história muito diferente. Se existe Nibiru, (e este é o planeta que os astrônomos de nossos dias chamam de planeta X) então os Anunnaki existem. Assim, a existência de Nibiru não é uma simples questão de mais um planeta em nosso sistema solar. Isto é diferente, porque se existe Nibiru, e os Anunnaki existem, então a declaração da Suméria de que eles voltam a nossa vizinhança a cada 3.600 anos, e que por vezes no passado nos deram civilização, então não estamos sós e há pessoas mais avançadas do que nós em nosso sistema solar.
Pergunta - O que acontecerá da próxima vez ?
- Quem sabe como eles se sentirão a nosso respeito quanto voltarem? Será que decidirão nos dar mais conhecimento, e mais avanço técnico e mais civilização, ou eles decidirão que não somos bons, como aconteceu nos tempos do Dilúvio, e tentarão se livrar de nós? Então, o primeiro livro, estabelece os fundamentos e descreve o conhecimento Sumério e conclui da existência de um planeta a mais e realmente é a chave para a compreensão do que seja tudo isto. Que são as lendas do Gênesis, o que são as lendas da criação, qual foi o nosso passado, e uma maneira pela qual será o futuro.
Pergunta - O que mais você pode nos dizer sobre os Anunnaki, se temos livre arbítrio ou se isto é determinado pelos mesmos Anunnaki?
- Me perguntaram, "Eles se parecem conosco?" e eu disse, não, nós nos parecemos com eles. Eles nos fizeram por engenharia genética. Eles dispararam a arma da evolução, e nos fizeram parecer fisicamente com eles, e sermos parecidos emocionalmente. Isto é o que diz a Bíblia quando diz:
Vamos fazer Adão a nossa semelhança e imagem." Externa e internamente.
Tanto quantos eles assim sejam, assim somos nós. Há uma tremenda diferença quanto ao período de vida. É isto que dá a noção da imortalidade deles. Porque um ano deles é uma órbita deles ao redor do Sol. Assim, um ano deles equivale a 3.600 anos nossos. Esta é diferença chave entre eles e nós. Então há a diferença entre o avanço tecnológico deles que os capacita não apenas a viajar no espaço, e ter viajado a meio milhão de anos atrás, mas também reviver os mortos e fazerem outras coisas que nos tempos bíblicos eram consideradas milagres. Sinto que exatamente como eles vieram a Terra e nos criaram por meio de engenharia.
A muitas entrevista com o senhor Zecharia Sitchin na internete, busquei o que entendir ser o principal para esta pesquisa. Agora tire você mesmo as suas próprias conclusões.
Boa sorte!
FONTES :
http://www.imagick.org.br/pagmag/Mystery/myst999.html
1 Mainstream ("corrente principal") é um termo inglês que designa o pensamento ou gosto corrente da maioria da população. É muito utilizado atualmente referindo-se às artes em geral (música,literatura, etc).
2 Na filosofia, empirismo é uma teoria do conhecimento que afirma que o conhecimento vem apenas ou principalmente, a partir da experiência sensorial.
4 Ouro Monoatômico ou ouro atômico
5 A chamada Epopéia de Atrahasisé um poema épico da Mitologia suméria, sobre a criação e o dilúvio universal. A sua cópia mais antiga data de 1600 a.C., 
6 Autor e pesquisador Zecharia Sitchin, de onde retirei grande parte do seu conhecimento.
7 Quimera é uma figura mítica caracterizada por uma aparência híbrida de dois ou mais animais e a capacidade de lançar fogo pelas narinas, sendo portanto, uma fera ou besta mitológica.
8 O ADN mitocondrialtem sido estudado com o intuito de investigar linhagens muito antigas.
9 Palavra que qualifica um substantivo não de modo essencial para o sentido, mas como ornato de frase ou engrandecimento da ideia.
10 Povo Ameríndios. são nomes dados aos habitantes humanos da América antes da chegada dos europeus, e os seus descendentes atuais. A hipótese mais aceite para a sua origem é que os primeiros habitantes da América tenham vindo da Ásia atravessando a pé o Estreito de Bering, no final da idade do gelo, há 12 mil anos. E são eles Índio, indígena ou nativo americano.
11 Erich Anton Paul von Däniken é um escritor suíço conhecido por criar diversas teorias sobre a suposta influência extraterrestre na cultura humana desde os tempos pré-históricos.
12 Geodésica é a menor distância que une dois pontos tal que, para pequenas variações da forma da curva, o seucomprimento é estacionário.
http://www.slideshare.net/rodrigosomma/materiais-magnticos
14 Elitismo ou teoria das elites. Também conhecido como "Teoria do Poder" definido por V.Pareto. É uma vertente daciência política baseada no princípio minoritário, segundo o qual o poder político está sempre nas mãos de uma minoria, bem ajustada, segundo Pareto, é a democracia clássica é um ideal, uma utopia, que se encontra descrito na República de Platão e Aristóteles, seu discípulo, segundo Pareto. Seu fundamento é o conceito de elite. Elitista é, portanto, o sistema embasado no favorecimento de minorias, normalmente constituídas por membros da aristocracia ou de uma oligarquia, estabelecida na Educação e bons costumes, segundo Platão e Aristóteles.

0 comentários:

Não deixe de ler

Veja também

Ocorreu um erro neste gadget

Visitantes recentes