Seguidores

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Quem Construiu a Lua?


Muitos leitores da New Dawn conhecem o escritor britânico Christopher Knight de seu primeiro livro A Chave de Hiram , que ele escreveu em co-autoria com Robert Lomas publicado em 1996. Transformando-se rapidamente em um best-seller, The Hiram Key foi aclamado como um clássico no campo da história alternativa, passando a influenciar uma geração de pesquisadores, entre eles O Código Da Vinci de Dan Brown. Nos últimos dez anos Knight escreveu seis livros, quatro com Robert Lomas e mais dois, incluindo o seu mais recente livro Quem construiu a Lua?, com co-autoria de Alan Butler.

Em "Quem construiu a Lua?", Knight e Butler levantam algumas questões fascinantes e desafiadores, mas muito importantes: Será que a Lua é artificial? Poderia até ser oca? E se a Lua realmente existe por algum acidente feliz, ou é um modelo aparente de projeto - e se assim for, quem foi o arquiteto?
A Revista New Dawn (Nova Aurora), recentemente falou com Christopher Knight sobre seu controverso novo livro e sobre as suas conclusões surpreendentes.

Christopher Knight: O fato da Lua ficar muito perto da Terra ainda é amplamente considerado como o mais estranho conjunto de objetos no universo conhecido. É um pouco como se você soubesse que cada pessoa no mundo é completamente normal, exceto a pessoa que vive ao lado, que tem três cabeças e vive com uma dieta de lâminas de barbear quebradas.


O livro relaciona a estranheza da Lua, que inclui o fato de que ela não tem um núcleo sólido como qualquer outro objeto planetário. Ou é oco ou tem um interior de matéria com muito baixa densidade. Curiosamente, a sua concentração de massa esta localizada apenas em uma série de determinados pontos em sua superfície - o que causou estragos com as primeiras sondas lunares.

O material de que a Lua é feita teria surgido a partir da superfície externa da Terra e que teria deixado um buraco raso que foi preenchido com água e agora chamamos o Oceano Pacífico. Esta rocha gigantesca teria deixado a Terra para produzir a Lua muito rapidamente após ou durante a formação do nosso planeta em torno de 4,6 bilhões de anos atrás.

A Lua não só é muito estranha em sua construção, mas também se comporta de uma maneira que não é nada menos do que um milagre. É exatamente quatrocentas vezes menor do que o Sol, mas incrivelmente esta quatrocentas vezes mais perto da Terra, de modo que tanto o Sol e a Lua parecem ter exatamente o mesmo tamanho no céu - o que nos dá o fenômeno que chamamos de um eclipse total quando se cruzam. Enquanto temos que considerar isto para conceber o que tem sido chamado de a maior coincidência no universo local.

Além disso, a Lua reflete o movimento do Sol no céu, nascendo e se pondo no mesmo ponto no horizonte, como o Sol faz nos solstícios opostos. Por exemplo, isso significa que a lua nasce no meio do inverno no mesmo lugar que o Sol no solstício de verão. Não há nenhuma razão lógica para que a Lua imite o Sol desta forma e só é significativo para um ser humano em pé na Terra.


ND: O que te levou a escrever "Quem construiu a Lua?" E este último livro se relaciona com a sua pesquisa anterior, ao escrever "Civilização Um e A Máquina de Uriel ?"

CK: Todos os seis livros que eu tinha publicado ao longo dos últimos dez anos, são pedaços que fazem parte de um único contínuo trabalho de pesquisa. Cheguei a escrever "Quem construiu a Lua?" com Alan Butler depois que terminamos "Civilização Um", porque nossa pesquisa nos levou a estudar a Lua de perto.

Nós tínhamos encontrado o sistema de medidas, que era soberbamente avançado, em uso há mais de 5.000 anos atrás, que era em função da massa, dimensões e movimentos da Terra.

No entanto, nós rigorosamente verificamos cada planeta e lua do sistema solar para ver se havia algum padrão. Surpreendentemente, o sistema funcionou perfeitamente para cada aspecto da Lua, mas não se aplicava a qualquer outro organismo conhecido do sistema - exceto o Sol. Foi como se tivéssemos encontrado um modelo em que a Lua tinha sido "fabricada" usando unidades muito específicas retirados do relacionamento da Terra com o Sol. Quanto mais nós olhávamos, estava tudo montado - e se encaixava perfeitamente em todos os sentidos possíveis.


Lado oculto da Lua, esse lado NUNCA fica virado para a Terra.
Um fenomeno intrigante que acontece e que claro beneficiaria
qualquer civilização que tenha uma base nesse lado da Lua.

ND: Mais surpreendentemente, você descobriu que um antigo sistema de geometria e de medição utilizados na Idade da Pedra funciona perfeitamente com a lua. O que exatamente é este sistema e como poderia os antigos terem alcançado este conhecimento?

CK: Não é possível descrever a grandeza deste antigo sistema de geometria e medidas, sem repetir o conteúdo do livro Civilização UM.

O trabalho de Alexander Thom, um brilhante professor de engenharia da Universidade de Oxford, foi o nosso ponto de partida. Ele identificou a existência do que ele chamou de Quintal megalíticos. Esta era uma unidade de medição precisa, que foi a base das estruturas do final da Idade da Pedra na Europa Ocidental - como o Stonehenge. A maioria dos arqueólogos escrevem o seu trabalho com um erro, mas quando se olha friamente para as suas objeções se percebe que são infundadas.

Alan e eu fomos capazes de mostrar como eles fizeram essas unidades de alta precisão linear baseadas na rotação da Terra e como elas foram também a base de todas as unidades de tempo, volume e peso em uso hoje em dia. Mais uma vez esses dados são exatos - não são aproximações ou quase fechado. Desde quando e como os povos antigos tem esse conhecimento é bastante desconcertante. Todos nós podemos ter certeza é que eles estavam muito à frente de nós MESMO hoje! É fácil de se verificar por qualquer pessoa com uma calculadora.



ND: Sua conclusão é que há muito mais anomalias suficientes sobre a Lua que sugerem que esta não é um organismo em que ocorrem naturalmente e foi possivelmente criado para sustentar a vida na Terra. Como vocês chegaram a essa conclusão?

CK: Não é apenas a Lua um objeto aparentemente impossível, sua existência tem algumas vantagens exclusivas para nós seres humanos. Ele é nada menos do que uma incubadora para a vida na Terra. Se a Lua não fosse exatamente desse tamanho, massa e distância, que tem sido a mesma em cada fase da evolução da Terra - não haveria vida humana inteligente aqui. Os cientistas concordam que devemos tudo à existência da Lua.

Ela age como um estabilizador que mantém nosso planeta no ângulo direito para produzir as estações do ano e manter a água líquida em quase todo o planeta. Sem a existência e companhia do nosso satélite natural, a Terra seria tão morta e sólida como Vênus e Mercúrio.

ND: Se a Lua é uma construção artificial, quais são as suas teorias sobre quem ou o que a construiu, e por quê?

CK: Em Quem construiu a Lua? Nós explicamos que não poderíamos chegar a outra conclusão da que a Lua é artificial. E porque é certo que sua idade é em torno de 4,6 bilhões de anos é que levanta alguns pontos interessantes. Outro fator foi a mensagem óbvia que foi construída com a Lua para nos dizer que ela é artificial. A linguagem da mensagem é a aritmética da base dez de modo que parece como se fosse direcionado para uma espécie que está vivendo na Terra agora de dez dígitos (Quase 7.000.000.000 bilhões de habitantes é um número com 10 dígitos)- o que parece significar os seres humanos.


Ufos "visitando" a Lua durante o Projeto Apolo. 
Fotos by NASA.

A questão do porquê a Lua teve que ser construída é fácil de responder: Para produzir toda a vida no planeta Terra, especialmente seres humanos. Quanto a quem fez isso - bem, isso é muito mais resistente! Damos as três possibilidades, podemos pensar, a saber: Deus, alienígenas extraterrestres ou humanos. O único destes que é 100% cientificamente possível (???!!!) é a última. A viagem no tempo é universalmente aceita como sendo fisicamente possível e um número de cientistas estão próximos de enviar a matéria de volta no tempo.Podemos considerar que as máquinas poderiam ser construídas no futuro, que poderia ser enviado de volta para remover a matéria da Terra jovem para a construção da Lua - provavelmente está usando a tecnologia do tipo mini buraco negro.

(N.T.- É muito mais simples do que isso, mas sem dúvida a Lua É ARTIFICIAL).








0 comentários:

Não deixe de ler

Veja também

Ocorreu um erro neste gadget

Visitantes recentes